domingo, 13 de julho de 2014

Com você eu vou ficar!


Se eu contar pra vocês que a Diana já canta essa música?
(Lágrimas aqui!)

domingo, 6 de julho de 2014

Cada um.

Acordei sem algo hoje;
Como um vazio;
Como se tivesse arrancado;
Com suas unhas vermelhas afiadas;
E ter apenas deixado o sangue vazar;

Cada pessoa que conheço a mesma sensação;
A mesma dor de machucar quem eu gosto;
Cada momento igual;
Nesse deja-vu eterno;

Cada mentira que contei;
Cada promessa que eu quebrei;
Cada lagrima que derramei;
Cada suspiro que soltei;
Nunca vou entender;

Hoje sou apenas uma sombra;
Do brilhante passado que já tive;
Olhando para uma luz artificial;
Vendo você feliz;

Se eu pudesse voltar;
Mudar tudo que passei;
Tudo que senti;
Eu teria sido o mesmo;

Eu teria cometido os mesmos erros;
Só para ter te conhecido;
Só para ter te amado;
 Só pra ter meu coração quebrado;

Só para saber que estou mais que vivo;
Só para saber que já fui amado;
Só para saber que amanhã;
E depois;
A cicatriz vai fechar.
Gabriel Borges A. Vargas
---------
Ouvindo-2CELLOS- Hurt

quarta-feira, 2 de julho de 2014

O EVENTO III

Conforme prometi anteriormente, aqui vai um videozinho básico que Gabriel e eu fizemos "ao vivo" do Vigésimo AnimeXtreme...

video

Se vocês se comportarem direitinho (e comentarem essa postagem), a próxima publicação é uma coletânea de fotos do meu cosplay pelo evento.

Tá. Sacaneei. Eu vou montar essa postagem de qualquer jeito. Doa em quem doer.

terça-feira, 1 de julho de 2014

Meia-noite.

O que tem errado comigo?;
Você disse não;
Eu quis esquecer;
Bem-vindo a minha dor;

Só seus lábios conseguiam manter os meus calados;
Só seu olhar conseguia afastar as trevas em meu coração;
O que tem de errado comigo?;
Eu quis deixar o passado;
Mas o passado não quis me largar;

Nessa tempestade na minha cabeça;
Você fez o que quis;
E deixou apenas a poeira;
Levou a luz embora;
E só me deixou com a dura realidade;

Eu te vi com um espectro;
Feliz e alegre;
Enquanto você me viu apenas comigo mesmo;
Você riu e disse: Quero ficar sozinha;

De sonhos quebrados;
De sorrisos inacabados;
Eu sigo o meu caminho;
De contos sem fim;
No rumo dos condenados.
Gabriel Borges A. Vargas
--------------------
Perdi o contato comigo mesmo.

Fantasia vermelha.

Não veio facil;
Graças a Deus que foi dificil;
Não nós fez fortes;
Mas nós fez felizes;

Criamos uma fantasia;
Pra fugir da realidade;
Eu te colocava na minha cama;
Seus lábios vermelhos brincavam com os meus;
O universo inteiro no espaço de nossas bocas;

Não consigo lembrar;
Quando você se tornou a minha salvação;
Lembro apenas;
Que logo se tornou a minha maldição;

Minhas mãos brincavam com seus lindos cabelos pretos;
Seu corpo esguio e gelido;
Era um caminho para meus lábios percorrerem;
Tudo perfeito;

Até que houve a explosão;
Que separou a felicidade da fantasia;
Que uniu a realidade ao desespero;
Que fez momento inesqueciveis;
Dores imperdoaveis; 

Acabou a fantasia;
A vastidão azul;
Se tornou apenas uma lembrança em vermelho;
Do que eu queria ter.
Gabriel Borges A. Vargas
----------------
Apenas mais um dia sem você, apenas mais um ano sem ninguém.

Senhorita diamante.

Acordei bem cedo;
Esperei o sol;
Ele não apareceu;
Manhã fria;
Como tudo que passamos;

Eu estou muito cansado;
Este meu coração sem graça;
Não me dá sossego;
Ele parece cair;
No encanto de seus cabelos cor da noite;

Eu não conseguia parar de olhar;
De mil olhares, só o seu me vale algo;
As estrelas só brilham quando você está proxima;
Mas o gelo em seu coração não permitiu mais vê-las;

Eu esperava que o nosso romance durasse;
Ao menos até o amanhacer;
Mas sempre ficou na escuridão;
E eu não vi nenhum sinal de luz;

Eu estou muito cansado;
Tentei procurar o céu em seus braços;
Mas só encontrei demonios lá;
Queria poder cortar os laços;

Não sabia que isso acontecer;
Não sabia o que eu veria em você;
Não sabia que eu deveria ter corrido;
Não sabia que o estrago ia ser tão grande;

São noites como essa;
Que eu tenho medo de jamais te ter novamente.
Gabriel Borges A. Vargas
-------------