quinta-feira, 30 de abril de 2015

Cecília


Cecília, oh minha querida e amada Cecília. Você sabe como eu a amo desde a primeira vez que nos vimos ha muitos anos. Nunca me esquecerei daquele dia. Foi numa festa na propriedade de campo do meu pai, foi um evento de gala com celebridades e magnatas do mundo inteiro. Todos que eram alguém estavam lá e de longe quem mais me impressionou foi você.

Embora fossemos apenas crianças eu sabia que estávamos apaixonados, tínhamos sido feitos um para o outro e desde aquele momento nos tornamos inseparáveis. Você incendiou minhas paixões, me inspirou para me tornar um pintor e era meu modelo favorito. Eu estava tão apaixonado e justo quando eu pensava que as coisas não poderiam melhorar você concordou em me conceder a sua mão mais uma vez, desta vez em matrimônio. Aquele foi o dia mais feliz da minha vida, mas durou tão pouco, pois assim que nos casamos você foi atacada por uma doença devastadora e levada de mim e num segundo foi como se o mundo tivesse caído sobre a minha cabeça, me enxia de dor. 

A Moça do Bar - Parte III

Atenção: O conto a seguir tem teores de erotismo.
Esteja ciente de sua responsabilidade quando continuar lendo.

Ela entrou rapidamente em seu apartamento, bateu a porta e a escorou com as costas como que para impedir que alguém entrasse. Por que será que todos eles entendem tudo errado? Ela não queria magoá-lo. No fundo estava queimando de desejo, queria aquele beijo tanto quanto ele, talvez mais. Mas por que arriscar? logo ele seria só mais um, iria sair da vida dela como todo mundo que ela amava. Porque passar por tudo isso novamente? Era doloroso.

Então ela percebeu um murmúrio dentro de casa, será que havia entrado alguém? Ela se perguntou. Com o olhar procurou a origem do som, apenas para perceber que havia deixado o rádio ligado. No momento passava uma música que ela não conhecia:

"No creas que perdió sentido todo 
no dificultes la llegada del amor 
no hables de mas, escucha el corazón"


Só então ela percebeu que bloqueava a porta não para impedi-lo de entrar e sim para impedir-se de sair. Deixou o medo de lado e resolveu entregar-se ao que sentia. Escancarou a porta e correu para encontrá-lo.


sábado, 25 de abril de 2015

Acorde-me

"Sentindo o meu caminho em meio a escuridão;
Guiado pela batida do coração;
Não sei dizer onde a jornada vai acabar;
Mas sei por onde começar."
-------
Pra começar bem o sábado!

sexta-feira, 24 de abril de 2015

sábado, 18 de abril de 2015

Linha do horizonte





Ela chama por meu nome, posso sentir ele ecoar pelo universo na vibraçao da minha essencia.
As palavras mostram seu poder mais uma vez.
Ela me chamou de "filha da vida", náo sabia o quanto estava certa, talvez se soubesse nunca teria feito.
Por que, de alguma forma nunca fui dela.
Sempre fui de outro lugar, sempre pertenci a outra coisa, a algo que náo compriendo, sou uma eterna turista.
E minha viagem tem sido mais solitária do que desejo.




Um balé de desalinho.
O lampejo das cores ao meu redor comunicam, gritam mas seu grito ainda é indecifravel.
Meus olhos enchergam o mundo mas não como os outros.
Eles observam as teorias cosmicas a teia que liga tudo e todos no grande expetaculo do cosmo, veem o divino tanto em mim quanto no assassino a complexidade, dualidade e harmonia do universo.




A equação na queda de uma pena e o milagre divino da formula molecular da agua que tras a vida através do erro.
E isso me faz pensar...
Em que mundo estou agora?
Onde está minha familia?
Que fim levou a raça humana?


                                                   Raíra


Eu tenho perdido meu sono.

"Tudo que me derruba, me faz querer voar!"
-----------
Cantando todo dia.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Se você quiser me achar...

Eu não quero mais mentir;
Usar espinhos que só causam dor;
Eu não enxergo mais o inferno que me traiu;
Dos cegos do castelo me despeço e vou;
A pé até encontrar;
Um caminho, o lugar;
Pro que eu sou.

---------
A estrada é longa, mas encontraremos quem nós somos.

Pequenas doses.

sábado, 11 de abril de 2015

Doce nada.

"Então coloco minha fé em algo desconhecido;
Estou vivendo de sussurros doces e vazios;
E é dificil de aprender;
E é dificil amar;
E agora tem um vazio em mim."
------------
Bom sábado a galera :)

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Não quero me alistar.

"Meu amor eu sinto muito;
Muito, muito mas vou indo;
Já está tarde."

Fingindo.

Uma noite longa para uma vida curta...

E são tantas marcas;
Que já fazem parte;
Do que eu sou agora;
Mas ainda sei me virar.
-----------
Lembre-se...quando estiver no fundo, é aonde você pode ver melhor as estrelas.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

A Moça do Bar - Parte II

Ela acordou e estava só. Havia trabalhado duro nos últimos dias e acabou pegando no sono na noite anterior. Há muito não passava uma noite assim tão agradável, estava farta de encontros vazios e aquele definitivamente não foi um desses. Não precisou forçar simpatia como costumava ser obrigada a fazer. Levantou-se e procurou por ele pela casa, mas não estava lá. Já era tarde e deveria se aprontar para o trabalho.
---------------------------------------------------------------


Eu não conseguiu dormir, ela invadia meus pensamentos. Não consegui ficar mais na cama, o relógio marcava 4h10min. Fui para o chuveiro, isso me ajudava a pensar. Ela permeava minha mente. Fiz café e comecei a planejar o dia, não trabalhava aos sábados, mas precisa colher alguns dados de um experimento ativo. Fui interrompido pelo telefone que tocava, quem ligaria tão cedo?

domingo, 5 de abril de 2015

sábado, 4 de abril de 2015

Realeza

"Somos maiores do que já sonhamos;
A vida é ótima sem se importar;
Nós não estamos interessados em seu caso de amor."
--------
É minha vida.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Oceano.

Dizem que sou louco...

Sim sou muito louco, não vou me curar;
Já não sou o único que encontrou a paz;
Mas louco é quem me diz;
E não é feliz;
Eu sou feliz!
-----------
Nessa insanidade que é a minha vida, só me resta um gemido.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Anywere



"Waiting for tomorrow, for a little ray of light
Waiting for tomorrow just to see your smile again
Take away my sorrow from a blistered heart of mine
Where are you now if you are there anywhere"



"Esperando pelo amanhã,por um pequeno raio de luz
Esperando pelo amanhã apenas para ver seu sorriso de novo.
Leve embora minha mágoa desse meu coração ferido
Onde está você agora se você está lá, em qualquer lugar"