sábado, 22 de março de 2014

Amor além do cosmo.

O destino é bom.
Ele abre mil portas;
Numa delas, eu vi você;

Madeixas cor da noite;
Olhos de cor purpura;
Pele branca como açúcar.

Pureza intocada;
O desejo de qualquer criatura viva;
Nem os gregos e romanos;
Com suas ninfas e musas;
Irão ver tamanha beleza.

O destino é cruel


Logo ele fechou essa mesma porta;
E eu tive que me contentar apenas com uma simples boneca.


--------
Gabriel Borges A. Vargas

Hoje a garota, completa 2 anos de casada. Felicidades, aonde for que você esteja. 



Um comentário:

  1. amei o poema eu ainda completaria "e com a sombra de uma lembrança"

    ResponderExcluir

Vai comentar? (Faça login no Google antes.)
Com a palavra, o mais importante membro deste blog: você!