sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Socorro! Ela não gosta de Poesia!


Seu sorriso e seus olhos
nobres como ouro e prata.

Me inspiram versos.
me iluminam a alma.

Mas ao ver meu Gonçalves Dias
Sorriu e disse "Não gosto de poesia".
Ora! E que faço eu com os versos?
Que má sorte!
Mal augúrio se escondia naquele sorriso singelo.

Os versos se amarrotam
espremido no caderno.
Pede, clamam.
Pela sinfonia da atenção.
Mas ela não gosta de poesia!

Suprimo os versos na boca.
Penso "louca"!
Como pode tal musa,
não gostar da brincadeira que de mim abusa!

Ela não gosta de poesia...
Mas meu eu poeta responde.
"Ela é poesia!"

Raíra

2 comentários:

  1. Que bonito, Raíra! Ainda bem que eu gosto de poesia.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Deia!!! Ainda bem q também gosto!

    ResponderExcluir

Vai comentar? (Faça login no Google antes.)
Com a palavra, o mais importante membro deste blog: você!